My Image

CIRURGIA

DE PRÓSTATA

Avenida Jorge Curi, 550 Bloco A - Sala 265/266 Barra da Tijuca

Tel: (21) 3563-0626
 

My Image

contato@cirurgiadeprostata.com.br

Rua Silva Jardim, 164

​​​​​​​Centro Macaé - RJ

​​​​​​​Tel: (22) 30812316

Tel: (22) 27628992

My Image

Avenida Voluntários da Pátria, 45

Sala 305 - Botafogo

Tel: (21) 3126-3307

Tel: (21) 98879-2251​​​​​​​

My Image

Prostatectomia Aberta Simples

CIRURGIA ABERTA DE PRÓSTATA

O QUE VOCÊ PODE ESPERAR?

Tem mais alguma dúvida?

Entre em contato com a gente.

O QUE É A PRÓSTATA

Descubra tudo sobre essa glândula, suas funções e por que devemos monnitorar a sua saúde de perto.

My Image

RTU - RESSECÇÃO TRANSURETAL DA PRÓSTATA

Saiba mais sobre a técnica de remoção realizada pelo canla de uretra e que dispensa a incisão na barriga.

My Image

CIRURGIA ABERTA DE PRÓSTATA

Saiba mais sobre a técnica de remoção de próstata por cirurgia aberta.

LEIA MAIS

My Image

CONHEÇA O LASER

A nova técnica para o tratamento da próstata.

 

Embora a prostatectomia simples funcione bem no alívio dos sintomas urinários, ela apresenta maior risco de complicações e maior tempo de recuperação do que outros procedimentos de próstata aumentados, como ressecção transuretral da próstata (RTUP), cirurgia PVP a laser ou cirurgia de próstata com laser de holmium (HoLEP).


Os riscos da prostatectomia simples aberta incluem:

  • Sangramento
  • Lesão a estruturas adjacentes
  • Incontinencia urinaria
  • Orgasmo seco
  • Disfunção erétil (impotência)
  • Estreitamento (estenose) da uretra ou do colo da bexiga

 

PROSTATECTOMIA ABERTA SIMPLES

 

A prostatectomia simples, por outro lado, é geralmente recomendada para homens com sintomas urinários graves e glândulas prostáticas muito aumentadas (maiores de 80 g), e pode ser realizada de forma aberta ou robotica. Este aumento da próstata é chamado de hiperplasia benigna da próstata, ou HBP. A prostatectomia simples não remove toda a próstata, como em uma prostatectomia radical, mas remove apenas a parte obstrutiva da próstata que está bloqueando o fluxo de urina.


Em próstatas maiores que 80g a cirurgia mais realizada é a prostatectomia a céu aberto, que consiste em uma incisão horizontal (tipo cesariana) e enucleação da porção central da próstata com o dedo do cirurgião.


A cirurgia facilita os sintomas urinários e complicações resultantes do fluxo de urina bloqueada, incluindo:


  • Uma necessidade freqüente e urgente de urinar
  • Dificuldade em iniciar a micção
  • Micção lenta (prolongada)
  • Aumento da frequência de micção à noite (noctúria)
  • Parando e recomeçando enquanto urina
  • A sensação de que você não pode esvaziar completamente sua bexiga
  • Infecções do trato urinário
  • Incapacidade de urinar


A prostatectomia simples acarreta um risco maior de complicações e normalmente resulta em um tempo de recuperação mais longo do que outros procedimentos para tratar a HBP.


Os nosso urologistas  usam técnicas endoscópicas avançadas para abordar esses sintomas sem incisões na maioria dos casos.

 

RISCOS DA PROSTATECTOMIA ABERTA SIMPLES

COMO VOCÊ SE PREPARA?

 

Antes da cirurgia, seu médico pode querer fazer um teste que use um escopo visual para olhar dentro de sua uretra e bexiga (cistoscopia). A cistoscopia permite que seu médico verifique o tamanho de sua próstata e examine seu sistema urinário. Seu médico também pode querer realizar outros testes, como exames de sangue ou testes para medir especificamente sua próstata e medir o fluxo de urina.


Siga as instruções do seu médico sobre o que fazer antes do seu tratamento. Aqui estão algumas questões para discutir com seu médico:


Alimentos e medicamentos

Seus medicamentos. Informe o seu médico sobre qualquer prescrição ou medicamentos de venda livre ou suplementos que você toma. Isso é especialmente importante se você tomar medicamentos para afinar o sangue, como varfarina (Coumadin) ou clopidogrel (Plavix), e analgésicos sem receita, como aspirina, ibuprofeno (Advil, Motrin IB, outros) ou naproxeno sódico (Aleve, outros). . Seu cirurgião pode pedir que você pare de tomar medicamentos que aumentem o risco de sangramento vários dias antes da cirurgia.


Alergias ou reações à medicação

Converse também com sua equipe de atendimento sobre quaisquer alergias ou reações que você tenha tido com medicamentos.


Jejum antes da cirurgia

Seu médico provavelmente pedirá que você não coma ou beba nada depois da meia-noite. Na manhã do seu procedimento, tome apenas os medicamentos que seu médico lhe disser com um pequeno gole de água.


Preparação intestinal antes da cirurgia

Seu cirurgião pode pedir que você faça um enema antes da cirurgia. Você pode ser dado um kit e instruções para dar-se um enema para limpar suas entranhas na manhã da cirurgia.


Restrições de atividade

Você pode não conseguir trabalhar ou fazer atividades extenuantes por várias semanas após a cirurgia. Pergunte ao seu médico quanto tempo de recuperação você pode precisar.

 

 

Antes do procedimento

Antes da cirurgia, seu médico lhe dará uma anestesia geral, o que significa que você ficará inconsciente durante o procedimento. Ou você pode receber uma anestesia espinhal, o que significa que você estará consciente durante a cirurgia, mas não sentirá nenhuma dor, embora a anestesia espinhal seja raramente usada. Em alguns casos, injeções intratecais também são fornecidas além da anestesia geral.


O seu médico também pode administrar um antibiótico antes da cirurgia para ajudar a prevenir a infecção.


Prostatectomia simples

O seu médico irá inserir um tubo (cateter de Foley) na ponta do pénis que se estende para a bexiga. O tubo drena a urina durante o procedimento. Seu médico fará um corte (incisão) abaixo do umbigo. Dependendo da técnica que seu médico usa, ele pode precisar fazer uma incisão através da bexiga para alcançar a próstata.


Uma vez que seu médico tenha removido a parte da próstata que causa os sintomas, um a dois tubos de drenagem temporários podem ser inseridos através de perfurações na pele perto do local da cirurgia. Um tubo vai diretamente para a sua bexiga (tubo suprapúbico), e o outro tubo vai para a área onde a próstata foi removida (drenagem pélvica).



Nessa cirurgia o cirurgião enucleia, ou seja, descola com o dedo toda a zona de transição da próstata e a remove por completo o “caroço”, adenoma prostático. Porém, por se tratar de uma região muito vascularizada ocorre um sangramento muito significativo. Ou seja, o grau de perda sanguínea neste tipo de cirurgia é enorme.


Após a enucleação da próstata o cirurgião precisa dar vários pontos para conter o sangramento nos diversos vasos sanguíneos  no interior da “loja prostática” - espaço aberto onde antes havia o adensam prostático.


Posteriormente é introduzida uma sonda, através da uretra, até a bexiga no interior da qual é colocado um balão bem cheio que ajuda na compressão dos vasos sanguíneos e consequente diminuição do sangramento.


A sonda e o balão tem que permanecer na bexiga por um período prolongado para evitar que o sangramento volte e para que a sutura da bexiga esteja curada. Isto gera um período de internação que pode variar entre 5 a 7 dias.


Durante a cirurgia, em percentual que varia entre 13% a 20% dos casos, existe a necessidade transfusões de sangue em decorrência do sangramento intenso na próstata.


Após a alta médica há um período longo de recuperação, de até dois meses, em que o paciente deve evitar esforços, relações sexuais e deve aguardar a cicatrização da incisão no abdome.



Após o procedimento

Após a cirurgia:

  • Você receberá analgésicos intravenosos (IV). Seu médico pode prescrever analgésicos para você tomar após a remoção do IV.
  • Seu médico fará com que você ande no dia ou no dia após a cirurgia. Você também fará exercícios para mover os pés enquanto estiver na cama.
  • Você provavelmente vai para casa no dia seguinte à cirurgia. Quando seu médico acha que é seguro para você ir para casa, o dreno pélvico é retirado. Pode ser necessário retornar ao médico em uma ou duas semanas para retirar os grampos.
  • Você vai voltar para casa com um cateter no lugar. A maioria dos homens precisa de um cateter urinário por cinco a 10 dias após a cirurgia.
  • Certifique-se de entender os passos pós-cirúrgicos que você precisa tomar e quaisquer restrições.
  • Você precisará retomar seu nível de atividade gradualmente. Você deve voltar à sua rotina normal em cerca de quatro a seis semanas.
  • Você não poderá dirigir por pelo menos alguns dias depois de voltar para casa. Não dirija até que seu cateter seja removido, você não esteja mais tomando analgésicos prescritos e seu médico disse que está tudo bem.
  • Você precisará consultar seu médico algumas vezes para ter certeza de que tudo está bem. A maioria dos homens consulta seus médicos depois de cerca de seis semanas e depois de alguns meses. Se você tiver problemas, talvez seja necessário consultar seu médico mais cedo ou mais frequentemente, embora seja improvável.
  • Você provavelmente será capaz de retomar a atividade sexual depois de se recuperar da cirurgia. Depois da prostatectomia simples, você ainda pode ter um orgasmo durante o sexo, mas ejaculará muito pouco ou nenhum sêmen. 

RESULTADOS

 A prostatectomia simples aberta fornece alívio a longo prazo dos sintomas urinários devido ao aumento da próstata. Embora seja o procedimento mais invasivo para tratar uma próstata aumentada, complicações sérias são raras. A maioria dos homens que fazem o procedimento geralmente não precisa de nenhum tratamento de acompanhamento para a HBP.